16 de junho de 2010

Uma turma da pesada e Reflexões sobre a van - Parte II




O pessoal da van do @seuferdinando pode muito bem ser confundida com uns bichinhos que andam ultimamente por aí todos felizes e saltitantes guardando moedinhas nos cofrinhos, os poupançudos da Caixa.

Da esquerda para a direita: @cariocadofunk, @jehtabalipa, @jenisbrown, @rodrigomuller20, @anatymaycom, @_conradoo, @evellynsaabrina e o famigerado @jr_kid

Carioca é assim porque, como já dito, sempre foi confundido com uma mistura não muito bem sucedida de Mike Tyson com Maguila, o que gerou um ser com as mãos nas orelhas, simplesmente.

Jéssica nasceu meio amarelada e meio alaranjada, igual as vuvuzelas ANNND cornetas utilizadas na copa de 2010. Seu timbre de voz, de acordo com JUNIOR (2010), é igual ao das coisinhas cilíndricas utilizadas pelos sul-africanos.

Jeniffer não precisamos nem explicar. A cara da criatura já diz tudo: "Que infortúnio!". Sempre oferecendo fios-terra para os outros, sua missão é guardar moedinhas para a Liga das Mulheres Independentes, sexualmente bem resolvidas e Esnobadoras de Inocentes, a LIMISBEI! Que rima com "me dei bem", o que literalmente tem acontecido com esta poupançuda.

Rodrigo parece o Frankenstein e isso é fato. O topete bem penteado e os olhos withlasers não me deixam mentir. Sua risada pode parecer um paraíso escondido entre os dentes numa primeira impressão, mas depois que as pessoas percebem a real intenção da podridão contida dentro do ser mais profundo deste poupançudo, não sobra pedra sobre pedra.

Anathiely (e que me perdoem os críticos se errei o nome), bom a Anathiely, hehehehe. Você pode perceber na sua personificação de poupançuda a alegria que ela desenvolve com as mãos. Sempre nessa disposição toda, ela tenta de diversas formas, I-N-T-E-R-A-G-I-R! A palavra desta poupançuda é essa: levar as pessoas à melhora da interação, da expressividade na comunicação, na rapidez dos pensamentos, no fluído das ideias e tudo mais. ;D

Conrado é um sonhador. Sua personificação de poupançudo demonstra isso com o seu olhar perdido no universo. Além de tudo é o mais alto dos poupançudos. Pessoa podre também, solta umas coisas de vez em quando que abalam as estruturas, mas não é intencional... ou não.

Evellyn é a cor-de-rosa dos poupançudos. Muito pequena, seu sonho era andar nas pernas-de-pau dos carinhas do circo. Mas a vida lhe impossibilitou, pois ela não chegava nem perto dos apoios de pé. Até hoje mesmo não consegue entrar nos brinquedos do Beto Carrero World que requerem 1,50m. Apesar de tudo, é uma pessoa que se mantém neutra dentre os poupançudos. Vez e outra, demonstra a podridão guardada em si.

E por último, o mais famoso e personificado poupançudo, o Luiz. Figura de irresponsabilidade marcante, este poupançudo leva consigo as pessoas para festas e bebedeiras nunca antes vistas. Depois de "Carlafalanada", é a segunda posição de mais falante na van de @seuferdinando, ganhando inclusive da menina/moça-interação. Nas horas vagas, ele frequenta suas aulas de Química.

by: @_conradoo



Nenhum comentário:

Postar um comentário